Apresentação

BOAS-VINDAS DO PRESIDENTE

WILFRED R. BION, psicanalista clínico que dialogou livremente com os campos da Filosofia, da Matemática, da Física Quântica, da Literatura e das Ciências Humanas, gerou um estilo original de transmissão de seu pensamento, repercutindo enormemente na evolução dos instrumentais clínicos e teóricos utilizados pelos analistas contemporâneos.

O ENCONTRO INTERNACIONAL BION 2018 visa que analistas de diversas partes do mundo dialoguem livremente sobre as complexidades inerentes à obra bioniana, desvendando e ampliando o legado que nos foi deixado por este extraordinário pensador. O tema escolhido para esta edição do evento é PENSAMENTOS SELVAGENS.

A Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto (SBPRP), sitiada no estado de São Paulo, Brasil, e vinculada à International Psychoanalytical Association (IPA) desde 1993, foi escolhida para sediar o próximo encontro por ser reconhecida internacionalmente como local onde a obra de Bion sofreu caloroso acolhimento e expansão.

Sejam bem-vindos! 

Paulo M. M. Ribeiro,
Presidente da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto

 


APRESENTAÇÃO DO CONGRESSO

Em novembro de 1979 morre Wilfred Ruprecht Bion, excepcional psicanalista inglês, deixando como legado à Psicanálise Contemporânea desenvolvimentos instigantes e originais, entre eles, a construção de um sistema quase filosófico sobre o pensamento. E ainda outros tantos. Faz parte também do seu legado uma inquietação sem precedentes à comunidade psicanalítica. Isso se deveu ao modo particular com que, durante suas atividades, Bion expandiu de maneira original a transmissão do conhecimento, por meio de uma experiência viva na interação com os psicanalistas. Um verdadeiro mestre.

Nós, psicanalistas brasileiros, sentimo-nos honrados e gratificados por termos vivido com Bion essas primeiras experiências aqui no Brasil. Vivemos um aprendizado abrangente no ensino da Psicanálise, nas análises e nas traduções de seus textos. O Brasil foi também pioneiro nas traduções de alguns textos seminais, inclusive “A Memória do Futuro” considerada, até então, uma obra ilegível e não psicanalítica.

Foi em 1993, contudo, que essa inquietação vivida pelo meio psicanalítico se materializou resultando no primeiro encontro internacional sobre as ideias de Bion, em Amsterdã. Seguiram-se encontros em outros tantos países tais como Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos da América, França, Marrocos, e o último em 2016 na Itália.

Dr. José Américo Junqueira de Mattos, que tivera a experiência ímpar de uma análise com Bion, esteve presente difundindo e divulgando o legado bioniano. Foi Dr. Junqueira quem semeou com dedicação e fé as ideias de Bion entre nós e que, agora frutificadas, possibilitam à Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto viver a honra de sediar um evento de tal monta, como o Congresso “Bion 2018”.

Evento consagrado pela sua seriedade e consistência científica, é um Congresso em que se procura desenvolver política inclusiva, de ampla participação, independentemente de aspectos políticos. Privilegia-se o trabalho em grupos visando manter a universalidade, a abertura e a ausência de sectarismo que caracterizam a própria obra de Bion. Abre-se, assim, espaço para dimensões menos lineares, em pequenos grupos, sustentando a perspectiva de aprofundamento e expansão de ideias. Impactantes, desconcertantes, mas fundamentalmente transformadoras.

Mércia Maranhão Fagundes,
Coordenadora geral do evento Bion 2018

Vídeo

Patrocinadores

Nenhum parceiro cadastrado.